O que realmente podemos fazer de diferente?

Bem, este post tem caráter de reflexão.  O que um bando de jovens estudantes, profissionais com bagagem média no mundo da comunicação, poderá dar aos leitores com este projeto de revista digital?

Inovação na linguagem jornalística? Duvido. A internet ainda é um pedaço de terra sem delimitação. Quase um vale-tudo. Os grandes portais, jornais on-line, ainda se debatem para achar formatos agradáveis para oferecer aos seus queridos e amados leitores.

Portanto, não queremos inventar a roda. Ou reinventar. Temos noção de que a caminhada será longa. Ainda mais sabendo que escrever é um exercício árduo, tenso, intenso. Levanto a seguinte questão: o que é fazer diferença no mundo da comunicação? Como se faz essa diferença?

Não sei. Imagino a resposta. Então, como estou procurando ajuda, me diga, caro leitor: como devemos tratar os assuntos que nos cercam?

Espero respostas. Indicações de caminho. Não temos a prepotência de achar que este projeto é algo da nossa equipe. Somos apenas instrumentos. Sem Fronteiras evitará com energia que seus membros escrevam para o próprio deleite.

Anderson Gonçalves

Editor de Opinião e repórter de Esportes, Cultura e Saúde e Bem-Estar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s