Sinal verde para Marina Silva

Luta e idealismo: uma alternativa para 2010?

Marina Silva no plenário do Senado. Crédito: Antonio Cruz/ ABr

Marina Silva no plenário do Senado. Crédito: Antonio Cruz/ ABr

Orgulho em ser brasileiro. Um sentimento que corre nas veias acreanas, que derramaram sangue para se ligarem de corpo e alma ao país. Sangue que no Acre se funde à Floresta Amazônica, motivo da luta de duas figuras marcantes da história daquele Estado: Chico Mendes e Marina Silva.

O tempo se encarregou e o jogo político nacional oportunizou a Marina Silva – a ex-ministra do Meio Ambiente, deputada, líder sindical e estudantil, professora de História e atualmente senadora –, reacender o debate ambiental em um dos maiores responsáveis pelo efeito estufa no mundo: o Brasil.

Muito além da luta pelo verde, agora no partido de mesmo nome, a senadora muda o quadro político nacional, bipolarizado em PT (seu ex-partido) e PSDB. Eles juntos detiveram 15 anos de administração até o momento. E a ruptura à linha neoliberal, esperada com o PT, não ocorreu. Lula se tornou uma figura personificada, e a legenda dos Trabalhadores se desvirtuou, levando nomes importantes a saírem de seus quadros.

Marina e 2010

Marina Silva para presidente do Brasil? A campanha virtual pede. Crédito: Sustentabilidade Insustentável

Marina Silva para presidente do Brasil? A campanha virtual pede. Crédito: Sustentabilidade Insustentável

A ida da ex-ministra do Meio Ambiente para o Partido Verde altera o cenário político para as eleições presidenciais de 2010. O ingresso de Marina no PV veio acompanhado do convite à sua candidatura para a sucessão de Lula. Uma notícia trágica para Dilma Rousseff, ministra da Casa Civil (PT). Em pesquisa encomendada pela legenda da senadora e tabulada pelo Instituto de Pesquisa Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), Marina vence Dilma em duas das quatro simulações.

A militante da legenda ambiental se mostra uma alternativa aos adeptos de esquerda, que votariam em Dilma, caso não houvesse outro candidato como ideais próximos ao do PT da década de 1980, que Marina e Lula ajudaram a fundar, concomitante ao movimento das Diretas Já. Para piorar para Dilma, Marina traz consigo uma trajetória parecida com a de Lula: foi líder sindical, vereadora, fundadora do PT e tem carisma, ponto fraco da ministra Rousseff.

Uma grande jogada do PV, que reforça a provável candidatura de nomes como o de Fernando Gabeira ao Senado Federal pelo Rio de Janeiro. Como? Ora, com o nome de Marina forte, o partido ganha mídia, votos de legenda e aliados políticos. É bem provável que Gabeira tenha sido o responsável por convencer a senadora a migrar para o PV, assim como ele fez em 2003.

Esquerda, direita ou centro?

Partido Verde: qual caminho a seguir? Montagem: Sem Fronteiras

Partido Verde: qual caminho a seguir? Montagem: Sem Fronteiras

A filiação de Marina Silva junto ao PV é algo inevitável. Agora, onde está o Partido Verde no cenário político? Qual é a ideologia defendida pela legenda em âmbito nacional e nos estados? Marina não deve ter se perguntado isso ainda, afinal o partido de Zequinha Sarney apoia a situação no governo federal, e Kassab, Aécio e César Maia em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, respectivamente.

O Partido Verde, que nasceu do seu espelho na Austrália e Alemanha, começou engajado como a maior parte das legendas com ideais específicos, assim como o PT. Seu brilho se fundiu aos pensamentos de empresários, como o proprietário de O Tempo, Vitório Mediolli, a filhos de senadores com histórico de serviços (não) prestados, como Sarney Filho. Marina e Gabeira surgem no partido como nomes a resgatar o ideal da instituição.

Que a flor rara do brejo – elogio de Kotscho a sua amiga particular – aproveite o sinal verde para não apenas reatualizar os discursos de Chico Mendes. Que a senadora possa, em seu novo casamento, garantir que os ideais de desenvolvimento sustentável, distribuição de renda, pacifismo e democracia direta sejam cumpridos pelo partido, assim como foi fiel aos ideais petistas em seus 24 anos de filiação.

Agora é hora de unir forças: PDT e PV, Cristóvam e Marina. Opinião de jornalista? Uma possibilidade real de mudança!

– Confira o jingle da Campanha Marina Silva Presidente AQUI

Lucas Fernandes

Economia, Educação, Painel e Política

– Interaja e confira todos os detalhes da revista digital por meio  do Twitter –  http://twitter.com/revistasf e na comunidade Sem Fronteiras no Orkut  – http://migre.me/5Ir2

Anúncios

5 Respostas para “Sinal verde para Marina Silva

  1. Ainda é cedo para Marina. Não acredito que ela terá sucesso ano que vem. Vai sofrer forte pressão tanto do PT como do PSDB. A candidatura é ótima, pois mostra que ainda há esperança. Abraços.

    • Guilherme, acredito que Marina Silva tem tudo para incomodar, mas também não consigo visualizar a sua vitória. Para que isso ocorresse, seria necessária uma chapa de centro-esquerda para esquerda bastante forte e coesa. Hoje, o PV está mais propenso a se alinhar com partidos de direita do que de esquerda. Vejamos se a legenda conseguirá recuperar sua pureza original.

      Vejo que PDT e PPS seriam as legendas de esquerda com maior afinidade com o PV de Marina e Gabeira. Partidos médios, de alguma tradição no cenário político brasileiro e que juntos podem se tornar uma pequena potência agregadora de votos. O que talvez seja essa esperança que você bem citou.

      Abraços e continue conosco. Sua participação enriquece nossa produção.

      Lucas Fernandes

      Economia, Educação, Painel e Política

  2. Olá!

    Eu acho que a Marina Silva terá uma grande votação, caso seja realmente candidata à Presidência da República. Não será suficiente para ganhar as eleições, mas será uma grande surpresa. As maiores votações deverão ficar para os candidatos do PSDB, PT e PSB, não secessariamente nesta ordem.

    Abraços

    Francisco Castro

    • Francisco, acompanho sua linha de raciocínio, defendida por mim, discretamente, no texto. A Marina incomoda por seu histórico, por representar bem a esquerda não corrompida pelos vícios do poder, pela discrição, visão política e carisma.

      As eleições de 2010 serão decididas nos comitês de partidos, ou seja, nos bastidores com as prévias e alianças, que darão uma noção exata de quantos vereadores trabalharão para um determinado candidato.

      Além destes fatores, os pré-candidatos terão de superar algumas resistências para vencer. O PT terá que superar o 1/3, sua margem de votos em São Paulo. O PSDB terá que ganhar campo e confiança no Nordeste. O PSB terá de veicular mais a imagem de Ciro à de Lula, abafando Dilma como sua sucessora natural. E o PV terá que reencontrar seu rumo ideológico, assim como o PT, partido de um líder e inúmeros conchavos.

      Abraços e continue conosco.

      Lucas Fernandes.

      Economia, Educação, Painel e Política

  3. Penso que pessoas como Marina Silva e Cristóvam Buarque podem ser ainda a redenção da política e da administração neste país de “coronéis” e “trabalhadores idealistas vendidos” aos interesses dos banqueiros do mundo. Cristóvam foi um gênio ao criar o bolsa escola (hoje bolsa família viciado sob a batuta desafinada de um Lula vendido ) só lamento que este programa ficou raso em termos de contrapartidas por parte do beneficiado, falta além de se exigir presença e aproveitamento dos filhos na escola, incluir no programa a oportunização e exigência de alfabetização e de formação técnico-profissional (em todas as áreas possíveis – médio e superior) dos pais com a garantia de emprego quando concluída a formação profissional, assim tiraremos verdadeiramente o povo da miséria e desenveremos o país. Porque não temos efetivamente oportunizado a dignidade de vida aos brasileiros com educação, trabalho e saúde? Porque lamentavelmente hoje a venda do voto está legalizada e legitimada pelo assistencialismo do “companheiro Lula”. O povo está ludibriado com este vergonhoso engodo. Espero sinceramente que o(a) futuro(a) presidente(a) logo no primeiro ano de sua gestão revise e altere o programa do Bolsa Familia tirando o país deste engano funesto, oportunizando a dignidade para todos os miseráveis tornando o país digno por meio do trabalho de cidadãos resgatados e dignos, seu maior patrimônio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s