Arquivo da tag: Mao Tsé-Tung

Feriado mundial

China: sinuosa barreira entre "querer" e "poder". Crédito: Geyson Lenin/Flickr

China: sinuosa barreira entre "querer" e "poder". Crédito: Geyson Lenin/Flickr

Por força demográfica, hoje deveria ser feriado mundial. A primeiro de outubro de 1949, Mao Tsé-Tung proclamava a República Popular da China. Para tanto, foram necessários mais de 20 anos de Guerra Civil entre nacionalistas e comunistas. Tsé-Tung dizia que a vitória dos comunistas fez “o povo chinês se pôr de pé”.

Talvez para nunca mais sentar-se e ficar cansado de tantas restrições às liberdades individuais. Enquanto os nacionalistas do Kuomintang partiram para Taiwan a fim de formar uma espécie de “China capitalista”, a maior parte dos chineses teve de conviver com o Maoísmo. Economicamente aberto e politicamente fechado (especialmente por cultivar a República Unipartidária), o país regula seus cidadãos até hoje, ainda que em menor escala em relação a outros tempos.

Eu não aceitaria o fato de alguém determinar para onde devo ir e quantos filhos posso ter. Sociedades desenvolvidas são as auto-governáveis, as que se policiam através do próprio avanço mental, cultural e econômico. De todo jeito, desejo boa sorte aos chineses no aniversário de 60 anos da proclamação da República Popular e tento me desprender de minhas impressões pessoais. O Relativismo Cultural está aí para isso.

Daniel Leite – Educação e Esportes

– Interaja com a revista por meio das redes sociais (clique aqui) ou através do seu comentário.